sábado, 6 de janeiro de 2018

'Omelete' publica texto horrível, com muitos erros, a respeito de 'Arquivo X'! - Marcos Doniseti!

'Omelete' publica texto horrível, com muitos erros, a respeito de 'Arquivo X'! - Marcos Doniseti!
Inúmeros artigos a respeito de 'Arquivo X', que são publicados em portais, sites e blogs, contém muitos erros graves a respeito da série, divulgando informações erradas sobre as tramas. Este foi o caso do 'Omelete', em texto publicado a respeito do primeiro episódio da 11a. temporada da série (My Struggle - Parte 3 - 11X01).

1) O texto usa a expressão 'Homem Fumante'? Errado! O nome correto do personagem é Canceroso. 


Isso é pior que tradução do 'Google Tradutor';

2) É mentira dizer que o Canceroso drogou a Scully no episódio 'En Ami' (7X15).

Quem diz isso nunca assistiu ao seriado. Talvez tal pessoa tenha assistido a uma série chamada 'Arquivo Y', mas 'Arquivo X' nunca assistiu, não; 

É fato que o Canceroso mandou engravidar a Scully, sim, mas não foi por meio de relação sexual que isso aconteceu, até porque os óvulos da Scully haviam sido retirados quando ela foi sequestrada.

Scully foi sequestrada pelos militares e acabou sendo submetida, por vários meses seguidos, a inúmeros testes e experiências feitas por cientistas japoneses a serviço do Sindicato (ver 'Nisei' e '731', 3X09 e 3X10). 

Em função disso, Scully ficou estéril. E ainda é. 

E uma mulher estéril não engravida por meio de relações sexuais, é claro.

3) A gravidez de Scully ocorreu no episódio 'En Ami' (7X15). 

Neste episódio, o Canceroso convenceu a Scully a fazer uma viagem com ela para um local isolado, somente os dois. Ela não poderia dizer para ninguém para onde iria com o Canceroso, nem para o Mulder. 

E ela aceitou porque o Canceroso disse que ela teria acesso à 'cura do Câncer'. 

Na verdade, o que o Canceroso queria era engravidar a Scully por meio da introdução de um embrião em seu útero, trabalho este que foi feito por médicos a seu serviço,que foram os doutores Lev e Parenti (ver 'Per Manum', 'Essence' e 'Existence'; 8X13, 8X20 e 8X21).

E isso foi feito enquanto ela dormia profundamente. Com certeza, ela foi anestesiada para que não acordasse durante o procedimento. Mais do que isso, não;

4) A maneira como a Scully engravidou foi explicada no episódio 'Per Manum' (8X13).

Scully fazia parte de um projeto secreto do Canceroso, que envolvia inúmeras mulheres estéreis que haviam sido sequestradas na época da Mitologia do 'Vírus'.

Essa 'Mitologia do Vírus' começou no episódio 'Anasazi' (2X25) e terminou no episódio 'Um Filho' (6X12).

Tais mulheres (incluindo a Scully, é claro) foram sequestradas porque possuíam o perfil genético mais adequado para criar híbridos humano-alienígenas. Tais híbridos iriam trabalhar como escravos no projeto de Colonização do Vírus/Sindicato. 

Entre estes híbridos tivemos os 'Kurts Crawfords', que apareceram inicialmente em 'Lembranças Finais', que foi o episódio no qual o Mulder teve acesso aos óvulos que haviam sido retirados da Scully. 

Depois que o Projeto de Colonização do Vírus/Sindicato foi destruído, no episódio 'Um Filho' (6X12), o Canceroso deu continuidade a um dos projetos anteriores do Sindicato, que era o de criar supersoldados híbridos humanos-alienígenas com imunidade a todos os tipos de armas e doenças (nucleares, biológicas, químicas).

Tal projeto começou a ser desenvolvido no episódio duplo 'Os Japoneses'/'O Falso Alienígena' (3X09 e 3X10) e dava continuidade a diferentes projetos anteriores, tais como:

A) Projeto de criar super-soldados por meio de manipulação do código genético (ver 'Projeto Litchfield', 1X11);

B) Projeto de hibridação genética usando DNA humano e alienígena (ver 'Jogo de Gato e Rato', 1X24).

C) Projeto de criar supersoldados a partir da erradicação do sono (ver 'Sem Dormir'; 2X04).

Logo, o projeto, comandado pelo Canceroso, que resultou na criação do William não envolvia qualquer tipo de relacionamento sexual. Era tudo relacionado a manipulação do código genético, misturando DNA humano e alienígena. 

Por isso mesmo a afirmação feita por algumas pessoas de que o Canceroso 'estuprou' a Scully é um completo absurdo. 

Isso é coisa de maluco, mesmo, não de fã de 'Arquivo X'. 

Somente alguém que nunca entendeu coisa alguma a respeito das tramas e, principalmente, das 'Mitologias' da série pode afirmar algo assim. Ou então isso é coisa de quem deseja aparecer às custas do seriado, criando uma falsa polêmica que não tem qualquer embasamento na série. 

Falar que isso é desonestidade intelectual é elogio. 

Portanto, William é fruto de um projeto que envolve manipulação e hibridação do DNA de seres humanos e de alienígenas em um projeto secreto comandado pelo Canceroso que visava criar super-soldados híbridos com imunidade a todos os tipos de armas e de doenças;

5) Outro erro da matéria do 'Omelete' é dizer que William seria, obrigatoriamente, filho do Mulder. 

Isso foi conclusão dos fãs, mas nunca havia sido confirmado em qualquer episódio da série anteriormente.

Embora Mulder e Scully tivessem um romance e se relacionassem sexualmente (ver episódio 'Todas as Coisas', 7X17), ela jamais poderia engravidar desta maneira, pois era estéril, como já expliquei. 

E a tentativa feita por Scully de engravidar por meio de fertilização artificial fracassou (ver episódio 'Per Manum', 8X13). Inclusive, o Mulder colaborou com a Scully, fornecendo esperma para que tal tentativa fosse levada adiante. Mas isso não deu certo, para tristeza e infelicidade de ambos;

6) Seria muito bom se as pessoas que escrevem a respeito de 'Arquivo X' nos portais, sites e blogs se informassem melhor antes de publicar uma matéria a respeito do seriado, cujas tramas são bastante complexas, principalmente as Mitologias e Conspirações.

Assim, elas paravam de divulgar tantas informações erradas a respeito de 'Arquivo X', tal como aconteceu neste horripilante artigo do 'Omelete'. 

Link:

Texto do 'Omelete' a respeito de 'My Struggle' (Parte 3):


Nenhum comentário: