domingo, 11 de novembro de 2012

"Fringe": Os diferentes tipos de Observadores e o destino da Humanidade! - por Marcos Doniseti!

"Fringe": Os diferentes tipos de Observadores e o destino da Humanidade! - por Marcos Doniseti!


Apareceram, até agora, dois diferentes grupos de Observers! E tudo indica que aconteceu uma guerra brutal entre eles, com resultados catastróficos para a Humanidade do século XXI!


September fazia parte de um grupo de Observers que respeitava a Humanidade.

Analisando as dúvidas sobre a trama da 5a. temporada


Debater com outros fãs de 'Fringe', ajuda muito a entender melhor a trama do seriado. E faço isso com frequência no Facebook. E ao trocar idéias com outros fringemaníacos, os mesmos demonstraram (e eu também, é claro) ter várias dúvidas sobre os fatos que foram mostrados até o mais recente episódio desta 5a. temporada (o 5X06). 


Para mim, algumas coisas estão bem claras neste início de 5a. temporada de 'Fringe', tais como:



1) Os Observers são os humanos do futuro e surgiram apenas no Universo Azul, em função de algum tipo de experiência científica que foi realizada apenas no mesmo;


2) Se os Observers são os seres humanos do futuro, então devem existir os mais variados tipos deles, tal como ocorre entre os próprios humanos, chegando ao extremo de se matar uns aos outros. 


Com isso, seria possível deduzir que existem grupos de Observers que eram inimigos e que lutaram entre si, travando uma guerra. Ou muitas. 


Desde o início da série, vimos apenas dois grupos de Observadores, que são os do December-September (que apareceram até o final do 4o. ano) e os do Windmark, que deram as caras apenas no 5o ano (e no 'Letters of Transit', que foi o 'Piloto' desta 5a. temporada). 


Estes grupos de Observers, claramente, tem posturas muitos distintas e conflitantes. 


Assim, o grupo de December-September defende o Livre-Arbítrio, sendo contrário a qualquer tipo de invasão ou de intervenção em outras épocas, planetas ou mesmo Universos. 


Tal grupo de Observers defendia que todos os seres vivos devem evoluir naturalmente, sem qualquer tipo de intervenção ou ajuda externa. 


Já o grupo de Windmark defende idéias totalmente opostas e  contrárias e teria surgido,  talvez, justamente pelo fato de que a existência dos Observers ficou sob perigo, devido à devastação que provocaram na Terra no começo do século XXVII. 


Daí, teria sido travada uma guerra entre os dois grupos e o de Windmark teria sido o vitorioso, exterminando inteiramente com o grupo de December-September.



Windmark manifesta um profundo desprezo pela Humanidade e já se tornou um dos grandes vilões da história de 'Fringe'. 

Isso explicaria porque, até o momento, não apareceu um único Observer do grupo de December-September nesta 5a. temporada. Provavelmente, tal grupo foi totalmente exterminado. 

3) Este episódio mais recente (5X06) deu uma dica, a meu ver, sobre a origem dos Observers, que é o número do apartamento no qual Walter, Peter e Olívia passaram para o Universo de Bolso. O número é 413.


4) O episódio 4X13 de 'Fringe' foi o 'A Better Human Being', no qual o Dr. Owen Frank fez pesquisas genéticas a fim de criar 'um ser humano melhor', mais poderoso e evoluído. 


Tal como os Observers, pelo menos o do grupo do Windmark (que é bem diferente daquele do December-September que vimos até a 4a. temporada e que sumiu neste 5o. ano), os 200 filhos do Dr. Frank tinham alguns poderes que os outros seres humanos não possuíam (como o de telepatia, por exemplo), tinham desprezo pelas vidas dos outros e davam muito mais valor ao grupo do que aos indivíduos.


E se esses filhos do Dr. Frank, que também eram diferentes entre si, deram origem, após vários séculos de evolução, aos Observers? E como havia diferenças entre humanos melhorados criado pelo Dr. Owen Frank, isso daria origem a diferentes tipos de Observers, com poderes e habilidades distintos. 


Isso também explicaria porque os Observers surgiram apenas no Universo Azul, bem como permitiria entender algumas da suas principais características e tipos de comportamento, como o desprezo pela vida humana que o grupo de Windmark demonstra, enquanto que os Observers de December-September procuravam demonstrar empatia pelos seres humanos.


Vejam que o grupo de December-September chegava ao ponto de desejar sentir o sabor da comida humana e, para isso, usavam de uma pimenta fortíssima e em grandes quantidades.


Um deles (August) chegou até a se apaixonar por uma estudante universitária. Parece que o grupo de Observers de December-September desejava recuperar algumas das características originais dos seres humanos do qual descendem ou, pelo menos, tentavam sentir o mesmo que eles. Havia, nitidamente, um sentimento de respeito e uma admiração pelos seres humanos por parte deste grupo de Observers.



Este pacato e tranquilo médico é um sério candidato a ter realizado pesquisas que desembocaram no surgimento dos Observers, o que provocou o virtual extermínio da Humanidade no início do século XXI.

Enquanto isso, o grupo de Windmark, por exemplo, demonstra um total, completo e absoluto desprezo pelos seres humanos. 

Windmark chegou a dizer, na 4a. temporada (em 'Letters of Transit') que os seres humanos são inferiores aos animais e, nesta temporada, falou com um profundo desprezo com relação à música, também criada por... seres humanos, é claro.


Portanto, há muitas e significativas diferenças entre os dois grupos de Observers que vimos, até o momento, no seriado. 


5) Também cheguei a pensar que os Observadores descendem dos adolescentes cortexiphados, da própria Olívia ou ainda dos shapeshifters. 


No entanto, depois deste episódio (5X06), aposto mais na teoria de que as experiências genéticas feitas pelo Dr. Owen Frank é que acabaram gerando os Observers. 


6) Com relação aos poderes e habilidades dos Observers, penso que há também várias diferenças entre eles.


Alguns dos Observers tem o poder de ver todos os acontecimentos (do Passado, Presente e Futuro), enquanto que outros não tem esse poder.


Até o momento não vi nenhuma demonstração de que o grupo de Observers liderado por Windmark possua tal poder. Se ele tivesse isso, já teria feito uso do mesmo para se antecipar às ações da Resistência e dos sobreviventes da Divisão Fringe e, assim, teria liquidado com estes.


O grupo de December-September é que possuía tal poder, mas o do Windmark não o tem. Isso me parece bem claro. 


Além disso, como já comentei aqui, o grupo de December-September era não-intervencionista e, logo, nunca usou esse poder para promover alguma invasão contra qualquer planeta, galáxia ou Universo. 


Isso era uma questão de princípio para eles. Eles defendiam, claramente, o respeito ao Livre-Arbítrio de todos os seres vivos, que devem evoluir naturalmente, sem qualquer tipo de intervenção.


Já o grupo de Windmark é claramente intervencionista e está se lixando para esse papo de Livre-Arbítrio. 



O futuro da Humanidade depende da ajuda deste pequeno Observer-Criança.

O fato de que nenhum Observador do grupo de December-September tenha aparecido nesta 5a. temporada demonstra, para mim, que o mesmo deve ter sido totalmente exterminado pelo grupo de Windmark na guerra que, em algum momento, os dois grupos devem ter travado.

Com relação ao Observer-Criança, que voltou a aparecer neste episódio (5X06), ele deve ser o único sobrevivente do grupo de Observers liderado por December e isso explicaria o motivo do Walter tê-lo escondido no Universo de Bolso que criou, pois ali o Observer-Criança estaria inteiramente seguro, já que o grupo de Windmark sequer sabia da existência dos mesmos (do Universo de Bolso e do Observer-Criança). 


E não é de se duvidar que, talvez, o próprio Observer-Criança tenha descoberto, com os seus poderes e habilidades, de que a sua permanência ali não era mais segura e decidiu ir embora, levando o Donald junto com ele, deixando aquele aparelho de rádio para entrar em contato, futuramente, com os sobreviventes da Divisão Fringe (Olívia em especial) que continua lutando contra Windmark e seus Observadores Imperialistas. 


E como o grupo de Windmark não tem o poder de ver os acontecimentos que se sucedem no Tempo (Passado, Presente, Futuro), eles não fazem a menor idéia de que ainda existe um Observador do grupo de December vivo. 


Assim, é o Observador-Criança que tem a habilidade de ver os acontecimentos que se sucedem no Tempo e que pode, portanto, antecipar o que Windmark e o seu grupo irão fazer. 


Aliás, isso explicaria porque o Observer-Criança foi deixado para trás pelos demais Observers do grupo de December-September. 

Afinal, se o grupo de Observers liderado por December tem o poder de ver a sucessão de fatos que se desenvolvem no Tempo, então eles viram que a Terra seria destruída (ou que poderia vir a ser...) no início do século XXI pelos Observers liderados por Windmark, certo?

Daí, como eles simpatizavam com a Humanidade desta época, eles se anteciparam, deixando um Observador-Criança para trás, na Terra do século XX, a fim de que o mesmo pudesse ajudar a Humanidade a derrotar Windmark e o seu grupo no início do século XXI. 

Além disso, talvez esse Observador-Criança tenha a capacidade (ou poderá vir a desenvolvê-la) de ajudar Walter a decifrar aquela 'física do futuro' que foi deixada, muito provavelmente, por September. 

Faz sentido, não?

Desta maneira, a Humanidade do século XXI poderá derrotar o grupo de Observadores liderado por Windmark e recuperar o controle do planeta, o que seria exatamente o objetivo do grupo de December-September quando deixou o Observador-Criança sozinho, na Terra, no século XX. 


Esse importante e fundamental papel que o Observer-Criança irá desempenhar na luta contra os Observers liderados por Windmark explica o desespero que atingiu Walter quando entrou no quarto do garoto e viu que ele não estava mais lá. 

Walter sabe que, sem a ajuda do garoto, a chance de derrotar Windmark é praticamente nula. 


Link:

Afinal, qual é a origem dos Observadores?

http://popeseries.blogspot.com.br/2012/05/fringe-os-possiveis-futuros-da-serie_20.html

2 comentários:

Thyago disse...

Teoria interessante. Ótimo texto!

Marcos Doniseti disse...

Obrigado, Thyago. E volte sempre ao blog.