domingo, 11 de fevereiro de 2018

'Arquivo X' - Virou praga: Outro blog publica mais um texto porcaria a respeito da série! - Marcos Doniseti!

'Arquivo X' - Virou praga: Outro blog publica mais um texto porcaria a respeito da série! - Marcos Doniseti!
Nave espacial que caiu em 'Roswell', em 1947, fato que está diretamente relacionado com a nova Mitologia de 'Arquivo X', que começou a ser desenvolvida na 10a. temporada. 

'Arquivo X' - 10a. Temporada foi exibida em 2016 e não em 2017!


Nesse artigo eu irei comentar, mais uma vez (e infelizmente), a respeito de um texto horripilante, que foi publicado em um blog sobre filmes e séries ('Filmes Maníaco'), a respeito de 'Arquivo X' e que, só para não variar, está repleto de erros e de questionamentos equivocados sobre a série. 

Em primeiro lugar, o autor do texto diz que 'Arquivo X' tinha a maior audiência entre as séries de TV que foram exibidas nos anos 1990. Logo depois, ele se corrige, dizendo que não era a maior audiência, mas era uma das maiores. Afinal, a série tinha ou não a maior audiência? O parágrafo termina sem concluir nada, tal a confusão que ele fez. 

Vamos aos fatos: 'Arquivo X' nunca teve a maior audiência durante as 9 primeiras temporadas da série (1993-2002). Ela tinha uma audiência significativa, sim, tendo se transformado em um grande sucesso, principalmente a partir da terceira temporada, mas a audiência da série nunca foi a maior entre as séries exibidas na época. 

Além disso, qualquer pessoa bem informada sabe que as grandes redes de TV Aberta dos EUA (CBS, ABC, NBC, Fox e CW) alcançam, atualmente, uma audiência MUITO inferior aquela que tinham nos anos 1990. Nos últimos 25 anos elas perderam muita audiência, principalmente em função do rápido e revolucionário desenvolvimento de novas mídias, tais como: Internet (com Streaming, Downloads), TV paga, Netflix, Games. 
Langly, um dos 'Pistoleiros Solitários', reapareceu em 'This' (11X02), vivendo em uma simulação virtual que é controlada pelo novo Sindicato, que é liderado por Erika Price. Nesta nova temporada a Mitologia da série se conectou com o universo da subcultura Cyberpunk. 

No início da década de 1970 as três grandes redes de TV abertas dos EUA tinham mais de 90% da audiência total em horário nobre. Agora, elas obtém índices que vão de menos de 20% a no máximo uns 30%. 


Na terça-feira passada (07/02/2018), por exemplo, as cinco grandes redes de TV aberta dos EUA somaram 22% de share (ou seja, apenas 22% dos aparelhos de TV que estavam ligados no horário sintonizavam alguns dos cinco canais). Já na quarta-feira (dia em que 'The X-Files' é exibido, sempre às 20hs, horário dos EUA) a audiência média total das cinco redes de TV aberta foi ainda menor e chegou a apenas 18%. 

Portanto, fazer essa comparação entre a audiência atual e a dos anos 1990 é um completo absurdo. Tem que ser mais maluco do que os vilões de 'Arquivo X' para fazer uma bobagem dessas. 

Outra coisa: Atualmente, muitas pessoas assistem aos episódios das séries por outras mídias (Streaming, Downloads, Gravação), e não mais pela TV Aberta. Com isso, muitas séries chegam a ter um aumento de 70%-80% na audiência quando se somam, à audiência da TV aberta, os espectadores destas outras mídias. 
Scully, Tad O'Malley e Mulder (em 'Minha Luta 1'), quando uma nova Conspiração Mitológica, comandada pelo Canceroso, teve início em 'Arquivo X'. 

Exemplo: O episódio 'The Lost Art of Forehead Sweat' (11X04) foi assistido, na TV Aberta, por 3.872.000 espectadores. 
Mas quando se soma a esse número o público que assistiu ao episódio em outras mídias nos sete dias subsequentes, ele acabou sendo visto por 5.620.000 espectadores. Ocorreu um aumento de 45%. Portanto, 1.748.000 pessoas assistiram ao episódio fora da TV Aberta.

Por isso mesmo que a audiência total, medida nos EUA pelo instituto Nielsen, soma a audiência destas várias mídias e não mais apenas a audiência da TV aberta. E isso já acontece há vários anos. 


Além disso, tivemos outro erro ridículo de informação no texto em questão, quando é dito que a 10a. temporada de 'Arquivo X' foi exibida em 2017. 

Errado! Ela foi exibida em 2016. 

Logo, é impossível que a 10a. temporada de 'Arquivo X' pudesse ter sido eleita a 'pior série' de 2017, como diz o autor do texto. Aliás, quando foi que aconteceu essa 'eleição', mesmo? Quem a organizou? O TSE? E quem votou na mesma? Os ETs? O Vírus Alienígena? Se for isso, então está explicado. Somente quero ressaltar de que não me lembro de ter votado em qualquer 'eleição' desse tipo. 

Mais alguém votou?
Mulder vê uma nave militar que foi construída com o uso de tecnologia alienígena, ideia que já havia sido apresentada no episódio 'Deep Throat' (1X02). Isso mostra que elementos das Conspirações e Mitologias anteriores são utilizadas atualmente.
Para analisar 'Arquivo X' é necessário ir muito além do mero 'achismo'!

Na minha avaliação, a 10a. temporada de 'Arquivo X' teve três episódios muito bons, que foram 'Minha Luta - Partes 1 e 2' (10X01 e 10X06) e 'Mutação Fundadora' (10X05). Este último, aliás, poderia dar início a uma nova Mitologia para a série, de tão bom que foi, ou até mesmo ser o embrião de um spin-off (uma série derivada) de 'Arquivo X'. 

Os outros três episódios ficaram abaixo, sim, mas isso foi resultado do fato de que a 10a. temporada não foi uma 'temporada', de fato, mas um mini-mini-temporada. Seis episódios, para uma temporada 'Arquivo X', é algo ridículo, o que prejudicou a série, sim, que antigamente chegou a ter 24/25 episódios por temporada. 

A temporada antiga da serie que teve menos episódios foi a nona, com 20 episódios, o dobro do que teremos na 11a. temporada. A 5a. temporada também teve 20 episódios, mas isso ocorreu em função da produção do primeiro longa-metragem, que foi produzido no intervalo entre a quarta e a quinta temporadas. 

Logo, nas primeiras temporadas da série havia mais tempo para se desenvolver as tramas, as Conspirações e as Mitologias altamente complexas e elaboradas do seriado. 

Agora, a produção de temporadas tão longas é totalmente inviável, seja pelo custo, seja pelo fato de que quem interpreta os protagonistas (David e Gillian) não estão disponíveis para filmar episódios da série durante quase um ano inteiro pois eles participam ou desenvolvem outros projetos. 
'A Verdade Está Lá Fora'? foi a frase de abertura alternativa que tivemos em 'The Lost Art of Forehead Sweat' (11X04). O episódio questiona, como se tornou normal nesta temporada, a natureza da realidade e apresenta a possibilidade de que nossas memórias podem ser apagadas. Aliás, tal ideia já havia sido mostrada no episódio 'Deep Throat' (1X02). O episódio também fala sobre a possível existência de Universos Paralelos, algo que também havia sido mostrado em '4-D' (9X04).
Gillian trabalha em outras séries ('American Gods', 'The Fall') e peças de teatro e David leva adiante uma carreira musical e participa de outros seriados '('Aquarius', por exemplo).

Logo, talvez o autor do texto não saiba, mas a '10a. temporada' teve apenas seis episódios porque, na época, a Gillian Anderson e o David Duchovny tinham pouco tempo disponível em suas agendas para participar das filmagens e a produção de seis episódios foi o máximo possível que pôde ser feito naquele momento, infelizmente. 

Quanto às mudanças que tivemos naquela temporada, o próprio Chris Carter avisou aos fãs que isso iria acontecer, afirmando que 'Arquivo X' passaria por um processo de atualização quanto aos temas que seriam trabalhados na série. E isso foi feito. 

Com relação ao fato do Canceroso ter dito que é o pai do William, isso está relacionado à uma das frases de abertura do episódio ('Minha Luta 3'), que diz 'I Want To Lie' (Eu Quero Mentir). Quem prestou atenção nas frases de abertura desta temporada, e também no de 'Minha Luta 3', sabe que temos algumas mentiras neste episódio. 

E basta refletir um pouco sobre o que o episódio mostrou para se concluir que a frase do Canceroso foi uma delas.
Mulder e Scully na cena final de 'Ghouli', quando eles reconhecem o filho (William).

Até mesmo o produtor e roteirista James Wong confirmou isso em entrevista recente, dizendo que o Canceroso mentiu. 


Aliás, como os fãs verdadeiros da série perceberam, em todos os episódios desta 11a. temporada as frases de abertura estão diretamente relacionadas às tramas de cada episódio, fato este que o autor do texto não percebeu. 

Assim, quero sugerir ao autor desse texto ridículo sobre a série que procure se informar melhor sobre 'Arquivo X' antes de fazer afirmações tão equivocadas. 

Com relação às visões da Scully (que foram mostradas em 'Minha Luta 3'), elas foram enviadas pelo William (o que foi dito pela Scully para o Mulder no final do episódio, o que parece que o autor também não percebeu).Tais visões tratam do futuro que já foi visto em 'Minha Luta 2'. 

O envio destas visões pelo William foi comprovado no episódio 'Ghouli' (11X05), ao qual parece que o blogueiro do 'Filmes Maníaco' não assistiu, quando vimos que ambos (William e Scully) sofriam convulsões quando as visões eram enviadas pelo filho. Se o autor do texto não entendeu nada disso, então sugiro que pare de assistir 'Arquivo X'. 
William finalmente apareceu na série, no episódio 'Ghouli' (11X05), e mostrou que possui um significativo poder mental, tendo a capacidade de criar imagens e se disfarçar. 
Outra coisa: Os eXcers sabem muito bem que as explicações e respostas em 'Arquivo X' nunca são dadas de forma explícita e de uma única vez. Elas são dadas ao longo do tempo e, no caso das Mitologias, isso é feito em inúmeros episódios e durante várias temporadas. 

E as visões de William para a Scully fazem parte desta nova Mitologia que passou a ser desenvolvida a partir da 10a. temporada. Então, é bobagem querer que elas sejam explicadas de forma imediata, pois isso nunca aconteceu na série, principalmente nos episódios das Mitologias altamente elaboradas e complexas da série. Qualquer fã da série que assistiu a todas as temporadas sabe disso.

E afirmar que um determinado episódio é 'chato' não é crítica que se faça e que se possa levar a sério. Afinal, o que poder ser 'chato' para uma pessoa, pode não ser para outra. Se alguém deseja criticar um episódio de 'Arquivo X' (ou de qualquer outra série, filme...) é necessário ir muito além do mero e patético 'achismo'.

Chris Carter avisou que 'Arquivo X' passaria por uma atualização!

Chris Carter deixou claro que, na décima temporada, 'Arquivo X' passaria por uma atualização, o que implicou nas mudanças que tivemos nas Mitologias da série. 
A questão alienígena não está mais na ordem do dia, tal como acontecia quando da criação do seriado, há mais de 25 anos. 

Chris Carter deixou claro que o mundo havia mudado durante todos estes anos e que a série iria acompanhar essas mudanças. 
Kyle e Molly, em 'Mutação Fundadora' (10X05), excelente episódio da 10a. temporada. Eles eram frutos de um projeto de hibridação genética e desenvolveram significativos poderes mentais, tal como aconteceu com o William. Será que existe alguma conexão entre eles? Não é de se duvidar. 

Qualquer pessoa que assista 'Arquivo X' sabe, perfeitamente, que embora seja uma série de suspense e ficção científica, ela sempre teve uma forte e clara conexão com a realidade histórica e do momento. 


Para se comprovar isso basta ver os inúmeros episódios que tivemos e que citam fatos históricos, principalmente aqueles relacionados diretamente com os EUA, é claro. 

Exemplos disso são os inúmeros projetos secretos do governo dos EUA, tal como a 'Operação Clipe de Papel' (3X02), o projeto 'MK-Ultra' (ver episódios 'Via Negativa' e 'Kitten'), o projeto '731' (episódio da 3a. temporada), a Guerra do Vietnã (ver episódios 'Por Um Fio', 'O Passeio', 'Desprezados' e 'Kitten'), o escândalo de Watergate, entre muitos outros.

Logo, criticar 'Arquivo X' por passar por um processo de atualização dos temas e assuntos é desconhecer um aspecto fundamental da série, que é esta conexão com acontecimentos históricos relevantes e com os temas dominantes no momento em que os episódios foram escritos e produzidos. 
Mulder doente em 'Minha Luta 2'. Fatos mostrados neste episódios são posteriores aqueles que vimos em 'Minha Luta 3'.

Foi por isso que a mini-temporada (a 10a. temporada) anterior tratou de temas como mudanças climáticas, imigração, racismo, islamofobia, censura, xenofobia, espionagem global. São todos assuntos contemporâneos. 


Quanto à 'baboseira' dos supersoldados, esse é um tema que estava presente desde as primeiras temporadas da série, vide os episódios 'Projeto Litchfield' (1X11) e 'Sem Dormir' (2X04), embora o autor do texto não tenha percebido isso.

Canceroso é o Grande Vilão de 'Arquivo X'! 

O Canceroso é o grande Vilão da história de 'Arquivo X', sendo um dos grandes vilões da história da TV mundial. Pode-se até não gostar do personagem, mas daí a negar a sua importância é uma verdadeira piada. 

Na verdade, o Canceroso extrapolou a mera condição de personagem e passou a simbolizar e representar o Mal em 'Arquivo X'.  E o Mal não morre... 

Assim, Chris Carter teria que ser burro demais para ter um personagem dessa magnitude e importância e não aproveitá-lo na série. 
Canceroso em 'Minha Luta 1'. Ele é o maior vilão de 'Arquivo X' e passou a simbolizar o Mal na série, superando a condição de um mero personagem. Além disso, ele é um híbrido que possui imunidade ao Vírus Espartano que mandou criar para poder exterminar a Humanidade. 

Qualquer produtor e roteirista decente, e inteligente, gostaria de ter um Vilão da grandeza do Canceroso em sua série, ainda mais tendo um ator excepcional, como é o William B. Davis, interpretando o mesmo. 


O autor do texto diz que This' foi um episódio ruim. Brincou, né? Ele faz parte do processo de atualização da série, conectando a Mitologia com o universo Cyberpunk, tema sobre o qual 'Arquivo X' foi pioneira em tratar em séries de TV. E fez isso de forma coerente, usando de um personagem do qual os fãs da série sempre gostaram, que é o Langly, um dos 'Pistoleiros Solitários'.

Aliás, eu dou muita risada quando vejo os mais jovens afirmarem que 'Arquivo X' está copiando 'Black Mirror', por tratar da existência humana em um mundo virtual, pois já na 5a. temporada tivemos um excelente episódio que tratou do assunto, que foi o 'Kill Switch' ('Vivendo no Ciberespaço', 5X11), que inclusive teve, como um dos roteiristas, o mestre do Cyberpunk, o William Gibson, autor do clássico livro 'Neuromancer'. 

E como já expliquei, comparar as audiências das séries de TV com aquelas que eram alcançadas na década de 1990 é coisa de quem está completamente desinformado a respeito da expansão das novas mídias, que tivemos nos últimos 25 anos, sendo que nos EUA este processo de mudança radical no cenário midiático está muito mais avançado do que no Brasil, no qual o mesmo ainda se encontra em seu início. 

Portanto, quero sugerir ao autor do texto do 'Filmes Maníaco' que pare de fazer tais comparações patéticas, por favor, sobre a audiência atual com a da década de 1990. Desta maneira, o mesmo não pagará mais mico do que já pagou ao escrever tanta asneira a respeito de 'Arquivo X'. 
No episódio 'Plus One' (11X03) vimos que Scully se questionou se o Mulder não estaria certo a respeito do caso que investigavam, que tratou dos gêmeos assassinos (Chuck e Judy). Isso mostra que embora ela mantenha uma visão racional e científica a respeito da natureza dos fenômenos, ela não pode mais ser considerada uma cética completa. 

A formação de Scully é científica, mas ela não é mais inteiramente cética!


Também não é verdade que Scully seja inteiramente cética, como diz o blogueiro do 'Filmes Maníaco'. Quem afirma isso é porque não prestou atenção nesta nova temporada. 

A própria Scully diz, no episódio 'Plus One' (11X03), que talvez a explicação do Mulder fosse a correta para se conseguir compreender o que estava acontecendo no caso que eles investigavam, mas parece que o autor do texto não percebeu isso. 

Antigamente, ela simplesmente chamaria o Mulder de maluco e descartaria qualquer possibilidade de que ele estivesse certo em suas teorias, que ela considerava como sendo inteiramente malucas. 

Será que o autor do texto assistiu a esse episódio, mesmo? Tem certeza? 

E é mais do que evidente que a Scully sempre procura, em primeiro lugar, por uma explicação racional e científica para os fenômenos que investiga ao lado de Mulder, porque esta é a formação dela, oras. Afinal, não podemos esquecer que a Scully se formou em Medicina e não em Paranormalidade ou Ufologia. 

Ou será que o autor do texto também já se esqueceu disso? 

Outra besteira que o texto contém é essa bobagem de usar a saída da Gillian da série como forma de criticar a nova temporada, o que é uma asneira monumental. Até porque a Gillian também anunciou que não continuará participando de outra série na qual trabalha, que é 'American Gods'. 

Então, tais atitudes dela se dão em função de Gillian querer dar novos rumos para a sua carreira de atriz e para a sua vida profissional, o que é um direito dela, aliás. 
No episódio em que uma das frases de abertura foi 'I Want To Lie' (Eu Quero Mentir) alguns colunistas não conseguiram conectar a mesma com a trama do episódio. Será que eles assistem, mesmo, 'Arquivo X'? 

11a. Temporada está sendo bem avaliada pelos jornalistas e fãs!


Além disso, a 11a. temporada está sendo melhor, sim, do que a anterior. E não sou apenas eu que estou afirmando isso. No IMDB as notas dos episódios estão sendo muito boas. Em uma enquete que fiz no grupo do Facebook do qual sou um dos administradores, junto com a Lucy Ramos, 85% dos fãs deram nota de 8 até 10 para a nova temporada. 

O único episódio com uma nota mais baixa foi o primeiro ('Minha Luta 3'), porque muitos fãs não gostaram da história do Canceroso ter dito que era o pai do William, pois tais fãs não notaram qual era uma das frases de abertura do episódio (I Want To Lie) e também não perceberam que tal afirmação foi feita em sentido figurado. 

O próprio Canceroso disse que a criação do William ocorreu em função do uso de uma Ciência Alienígena, frase essa a que muitos fãs não prestaram a devida atenção (o que inclui o autor desse texto do 'Filmes Maníaco').

Eu já expliquei, inclusive, em um texto bastante detalhado, e que publiquei aqui no blog, todo o contexto em que se desenvolveu a gravidez da Scully e o tipo de criança que é o William. 

Para maiores informações a respeito do assunto, sugiro a leitura do texto em questão. 

Link:

http://popeseries.blogspot.com.br/2018/01/o-canceroso-e-o-pai-do-william-nao-e-o.html
O olho de Scully no episódio 'Minha Luta 3'. Esta temporada de 'Arquivo X' faz um questionamento sobre a natureza da realidade. Será que aquilo que vemos é real ou tudo não passa de imagens projetadas e as quais acreditamos que são reais? Ou então, será que estamos vivendo em uma simulação, tal como vimos que acontece com o Langly em 'This'? Colunistas brasileiros ignoram tais temas quando escrevem sobre a 11a. temporada da série. 

'Arquivo X' nunca deu e não dá todas as respostas! É necessário refletir para entender os episódios!


O retorno de Mulder e Scully para os 'Arquivo X' podem ser melhor compreendidos assistindo-se aos episódios 'Minha Luta 1' e 'This'. Inclusive, neste último, vimos que os 'Arquivos X', agora, são levados a sério por inúmeras agências secretas, públicas e privadas, do mundo inteiro, que passaram a acessar o conteúdo do trabalho de investigação feito por Mulder e Scully durante todos aqueles anos. 

Assim, o que antigamente era motivo de riso (as investigações feitas por Mulder e 
Scully sobre fenômenos inexplicados) agora é levado a sério e é consultado por todos que atuam no setor de Inteligência pelo mundo afora, incluindo a agência secreta Perlu, que é comanda por Erika Price, que comanda uma das Conspirações que temos nesta temporada.  

As temporadas de 'Arquivo X' também sempre terminaram com um gancho, deixando uma abertura para a continuidade da série, seja na TV ou no Cinema. Tem que ser um completo neófito em 'Arquivo X' para não saber disso. 

O autor do texto também diz que o agente Jeffrey Spender melhorou a sua aparência e que o seu rosto está normal, o que não é verdade, pois ele ainda tem cicatrizes no mesmo, o que é resultado das experiências a que foi submetido por ordens do seu próprio pai, o Canceroso. 

Agora, o rosto dele está em melhor situação porque, é claro, ele deve ter feito inúmeras cirurgias plásticas e também deve ter feito vários tratamentos para melhorar o estado do seu rosto, é óbvio. Inclusive, ele teve bastante tempo (mais de 15 anos) para fazer tudo isso. Se eu ficasse com o rosto desfigurado, do jeito que o Spender ficou, eu também tomaria tais atitudes. 
Segundo o autor do texto do 'Filmes Maníaco' o rosto do Jeffrey Spender (que apareceu em 'Minha Luta 3') está normal... Acredite, se quiser. 

Mas será que até isso precisa ser explicado na série? 
Será que alguns 'fãs' não tem capacidade para raciocinar e, assim, poder encontrar eles mesmos as respostas para certas questões? Duvido.

Afinal, esta sempre foi uma característica fundamental de 'Arquivo X', na qual nem tudo é explicado de forma minuciosa. E isso sempre foi feito justamente para fazer com que os fãs refletissem sobre o que acabaram de ver. 

'Arquivo X' sempre exigiu uma participação maior dos fãs, provocando os mesmos, para que pensem e reflitam sobre o que viram nos episódios. Chris Carter faz isso porque ele parte do princípio de que os fãs da série tem a capacidade de pensar sobre o que viram, tirando as suas próprias conclusões. 

Mas parece que, no caso de alguns 'fãs', que desejam ter todas as respostas prontas, tudo explicado nos mínimos detalhes, o Chris Carter se enganou. O fato concreto é que 'Arquivo X' nunca deu todas as respostas, nunca explicou tudo de forma detalhada, nos mínimos detalhes. 

Então, porque o Chris Carter teria que começar a fazer isso agora, explicando tudo de maneira detalhada? Na verdade, a ausência dessas explicações minuciosas sempre foi uma característica fundamental do seriado, transformando-se em um dos seus grandes atrativos, e abandonar isso, agora, seria um grave erro. 

Nunca irei me esquecer do episódio '4-D' (9X04), um dos melhores da história da série. Quando ele terminou eu e os outros fãs ficamos com inúmeras dúvidas a respeito que tínhamos acabado de assistir. 
Mulder e Scully encontram o buraco no qual Skinner ficou em 'Kitten'. Além do Skinner, eles também procuravam por colunistas brasileiros de blogs e portais que escrevem sobre 'Arquivo X' sem cometer erros primários de informação. Não encontraram nenhum. 

Na época (2002), eu fiquei uma semana inteira debatendo com outro eXcer na página de 'Arquivo X' no site do 'Mundo Fox' para tentar entender tudo o que havia acontecido no episódio. 
Trocamos várias mensagens, diariamente, e apenas depois de uma semana debatendo é que conseguimos tirar todas as nossas dúvidas a respeito daquele fantástico episódio.

É isso que 'Arquivo X' exige dos seus fãs: Reflexão. Raciocínio. Interesse. A série exige que os fãs abandonem uma postura passiva e pensem sobre o que viram nos episódios. 

Eu sempre disse que para que se consiga realmente compreender um episódio da série é necessário assistir ao mesmo, no mínimo, umas três vezes. Menos que isso não dá. 

Portanto, quem quiser assistir a uma série em que as respostas são dadas todas prontas, de forma detalhada, e que não exige reflexão alguma por parte dos fãs, então que pare de assistir 'Arquivo X', ou jamais assista ao seriado. 

Tais pessoas deveriam assistir apenas séries que não exijam esforço intelectual algum por parte do público. Temos inúmeras delas por aí. Basta escolher. 

Então, gostaria que tais pessoas deixassem de ver 'Arquivo X', deixando a série para quem está, realmente, disposto a compreender as tramas dos episódios. Que deixem 'Arquivo X' para os fãs que estão dispostos a pensar e refletir sobre o que viram nos episódios.

Obs: Sobre os motivos do Canceroso não morrer, eu explico tudo nesse texto aqui:

http://popeseries.blogspot.com.br/2018/01/arquivo-x-afinal-porque-o-canceroso-nao_30.html
A frase de abertura de 'Kitten' (11X06) foi 'Uma Guerra Nunca Termina'. Outra coisa que nunca termina é a quantidade de asneiras que são escritas por colunistas brasileiros a respeito de 'Arquivo X'. 

Sites estrangeiros e brasileiros: Uma diferença gigantesca de qualidade!

Eu tenho o hábito, que recomendo aos demais eXcers (se ainda não o fazem), de ler os artigos sobre os episódios de 'Arquivo X' que são publicados em sites estrangeiros, tais como o 'Vulture', 'Indiewire', 'IGN', e 'Den of Geek?'. 

E sabe o que mais me chama a atenção nos mesmos? É a qualidade dos textos, que são sempre consistentes e bem fundamentados, tanto nos elogios, quanto nas críticas que fazem aos episódios. 

Você percebe que eles realmente conhecem a série e que entenderam as tramas dos episódios. 

Assim, eles escrevem de forma lógica, coerente e bem fundamentada. Eles explicam porque consideram um episódio bom ou ruim, indo muito além do mero 'achismo', que é o que predomina nos textos escritos por colunistas destes blogs brasileiros (Omelete, Filmes Maníaco, etc). 

Basta ler os textos dos sites estrangeiros e, depois, os artigos dos sites brasileiros, para se constatar a diferença abissal de qualidade que existe entre eles. 

Esse texto horrível do 'Filmes Maníaco' sobre 'Arquivo X' é mais uma demonstração clara disso, infelizmente. 
Em 'Kitten' vimos que, devido à inalação do 'Gás do Medo', John James passou a enxergar um monstro inexistente. E um blogueiro tupiniquim também viu o Jeffrey Spender com um rosto normal em 'Minha Luta 3'. Pode isso, Arnaldo?  

Link:


O que aconteceu com o seriado 'Arquivo X'?

http://filmesmaniaco.blogspot.com.br/2018/01/o-que-aconteceu-com-o-seriado-arquivo-x.html

Entrevista com James Wong:

2 comentários:

Marcos Martins disse...

Essa de longe tem sido uma temporada consistente. Com aqueles seis episódios da última temporada seria bem difícil de conseguir essa consistência por se tratar de uma série como Arquivo X e até foi bem em vários pontos como dar uma atualizada no seriado.
Eu acho que além desses textos serem ruins e porcamente embasados tem também a questão do saudosismo exagerado por parte de muitas pessoas que parecem querer reviver a infância dos anos 90 assistindo ao seriado e se deparam com um Arquivo X que seguiu em frente.
Essa certa crítica a esse tipo de "fã" e a questão do saudosismo foi elegantemente tratada no quarto ep(The lost art of forehead sweat) desse ano. Foi fantástico!!
Abraços!!

Marcos Doniseti disse...

Concordo contigo, xará.

A 11a. temporada está mais equilibrada e com episódios melhores do que a anterior, que foi prejudicada por ter sido muito curta.

Volte sempre ao blog.

Abraços.