terça-feira, 5 de julho de 2011

Neil Young: O sonho (verde) americano!

O sonho (verde) americano

Transformar um grande conversível de 1959 em carro ecológico é hoje a maior obsessão de Neil Young e será o tema da palestra que o cantor vai dar no SWU


Robert Galbraith - 3.nov.2008/Reuters

Neil Young apresenta, em San Francisco, seu Lincoln 1959

THALES DE MENEZES
DE SÃO PAULO

Quando a organização do festival SWU anunciou que Neil Young virá ao evento, em novembro, os fãs do artista -e fãs de rock em geral- torceram o nariz. Como assim ele vem para dar palestra e não para cantar?

Por enquanto, é isso mesmo. O veterano roqueiro canadense confirmou presença no festival em Paulínia (a 117 km da capital paulista) como palestrante no 2º Fórum Global de Sustentabilidade. Quem sabe até lá seja acertado também um showzinho.

Mas, afinal, qual é o tema da participação de Young? Quem acha que ele vai falar sobre rock, folk ou outra coisa ligada à música pode se preparar para uma conversa bem diferente. O assunto do cantor no SWU é o LincVolt.

Em 2008, Young revelou a jornalistas um novo projeto que desenvolvia com amigos: criar um carro "verde", ecológico, a partir de um Lincoln 1959 conversível, uma "banheira" que já estava em sua garagem havia anos.

O cantor sustenta que, quando se fala em carro elétrico ou movido a energias alternativas, todos logo pensam em veículos compactos, "como carrinhos de campo de golfe". Nada que lembre a paixão americana pela velocidade e potência.

Usar para isso o Lincoln, um dos maiores bebedores de gasolina que a tecnologia já conseguiu produzir, é o diferencial inusitado do projeto. Aliado ao carisma e à popularidade de Young, foi um chamariz para gente e empresas querendo colaborar.

Foi criado então o site www.lincvolt.com, com o slogan "reenergizar o sonho americano" e um blog contando o passo a passo do projeto na oficina. Aos poucos, várias empresas de tecnologia aderiram, e hoje o endereço eletrônico é ponto de encontro para quem discute energia alternativa.

O LincVolt não será totalmente elétrico ou movido a gás, é uma combinação de fontes de energia que deve concluir a missão do projeto: criar um carro rápido, potente e sem nenhuma emissão de poluentes.

Quando o LincVolt estiver pronto, Young pretende sair com ele em uma viagem pelas estradas americanas, apresentando o veículo em vários eventos. Mas ainda falta muita coisa.

INCÊNDIO

Em novembro do ano passado, o galpão onde o modelo estava sendo reformado, na Califórnia, pegou fogo.

Além de avariar bastante o carro, o incêndio consumiu máquinas, computadores, peças e lembranças da carreira de Young que decoravam o local, como prêmios, roupas e guitarras.

O cantor afirmou com veemência que a causa foi uma falha humana. "Não há nada de errado com o carro ou com o projeto. Vamos recomeçar tudo e avançar muito mais rápido, porque já resolvemos muitos problemas."

Além de falar sobre o LincVolt em toda oportunidade que tem, principalmente durante os shows, Young lançou em 2009 um álbum inspirado pelo carro, "Fork in the Road" (leia abaixo).

Aos 65 anos (completará 66 no dia 12 de novembro, quando estará no SWU), Young diz que o LincVolt é hoje mais importante do que sua música. Difícil fazer um fã concordar.

Link:
http://www1.folha.uol.com.br/fsp/ilustrad/fq0507201109.htm

Nenhum comentário: